Artigo de Guilherme d’Oliveira Martins no «Diário de Notícias»

O professor Guilherme d’Oliveira Martins, Administrador executivo da Fundação Calouste Gulbenkian, é autor do artigo de opinião «O poder da palavra…» no Diário de Notícias, em que comenta a exposição «Sabedoria Divina: o caminho dos sufis» da qual sou curador convidado no Museu Calouste Gulbenkian, assim como as iniciativas a elas ligadas, nomeadamente a sessão do Dia Internacional da Poesia.

Continuar a ler

Sufismo: exposição no Museu Calouste Gulbenkian

Sou curador convidado da exposição Sabedoria Divina: o caminho dos sufis, intervenção expositiva sobre a mística islâmica, com obras de arte e objetos instalados na Galeria do Oriente Islâmico do Museu Calouste Gulbenkian. A exposição decorre no contexto do projeto de curadoria participativa «O Poder da Palavra», coordenado por Jessica Hallett (conservadora sénior do Médio Oriente no Museu) e Diana Pereira (do serviço de Mediação Cultural do Museu).

Continuar a ler

Exposição sobre Pessoa por Carlos Oliveira (13 jun. ’22)

No dia 13 de junho, em que Fernando Pessoa faria 134 anos, sou convidado a participar na inauguração da exposição do ceramista Carlos Oliveira Escultor, dedicada ao poeta e pensador português, organizada pelo Josefa D’Óbidos – Hotel. Mais uma ocasião para vivenciar Óbidos Vila Literária.

Continuar a ler

Exposição sobre Sufismo: co-curadoria no Museu Gulbenkian

Sou o co-curador convidado da exposição «Sabedoria Divina: o Caminho dos Sufis», no Museu Calouste Gulbenkian, juntamente com a curadora Jessica Hallet. Trata-se da quarta fase do projeto «O Poder da Palavra», agendado para abril de 2022, no qual convidamos o público a colaborar através de oficinas temáticas.

Continuar a ler

Kalīla wa Dimna: fábulas entre culturas no Museu Gulbenkian

A obra conhecida em árabe como «Kalīla wa Dimna» tem as suas raízes numa antologia de antigas fábulas indianas, que transitou por Pérsia, civilização arábico-islâmica, cultura judaica e Europa. O Museu Calouste Gulbenkian dedica uma exposição a este clássico da literatura universal e tenho o prazer de colaborar neste projeto. Continuar a ler

Al-Muʿtamid e Adalberto Alves: mostras na BNP alimentam debate sobre legado islâmico em Portugal

Al-Muʿtamid e Adalberto Alves são dois entre os escritores que mais frequentemente se mencionam quando se fala do legado árabe e islâmico em Portugal. O primeiro foi poeta e rei do al-Andalus, no século XI. Continuar a ler

No Museu Gulbenkian: «O Poder da Palavra / Peregrinação / Hajj»

A exposição «O Poder da Palavra / Peregrinação / Hajj», a decorrer no Museu Calouste Gulbenkian, é fruto da curadoria de Hassane Ait Faraji e da coordenação de Jessica Hallet (curadora do Médio Oriente no Museu) e Diana Pereira. Fabrizio Boscaglia colaborou na pesquisa que contribuiu para o processo de curadoria. Continuar a ler

Religiões em Tavira no séc. XVI – Artigo em catálogo de Exposição

O Museu Municipal de Tavira inaugurou a 18 de maio a exposição A Principal do Reino do Algarve – Tavira no séculos XV e XVI, que celebra os 500 anos da elevação de Tavira a cidade. O catálogo da exposição contém um artigo de Fabrizio Boscaglia, sobre «Tavira e as religiões no século XVI: notas sobre cristãos, cristãos-novos e mouriscos».

Continuar a ler

«Curador por um dia!»: participação em exposição virtual do Museu Gulbenkian

A exposição virtual «Curador por um dia!» do Museu Calouste Gulbenkian reúne 50 peças de arte, escolhidas entre mais de 400 propostas, à volta do tema «Enfrentar o futuro». Uma das peças – um Nicho de Oração (miḥrāb) de arte islâmica – foi selecionada e comentada por Fabrizio Boscaglia.

Continuar a ler

Um verão pela Arte Islâmica, no Museu Gulbenkian

As visitas guiadas «O Gosto pela Arte Islâmica» são realizadas por Carlos Carrilho, Fabrizio Boscaglia e Ricardo Mendes no Museu Calouste Gulbenkian, em várias datas entre julho e setembro de 2019, acompanhando os interessados por uma nova exposição temática organizada pela curadora da coleção de Arte Islâmica do Museu, Jessica Hallet. Continuar a ler