Fabrizio Boscaglia

Fabrizio Boscaglia (Turim, 1981) é um investigador italiano ativo em Portugal e a nível internacional, que se dedica principalmente ao estudo do Islão e da Cultura Islâmica na Literatura e no Pensamento Portugueses Contemporâneos. Doutor em Filosofia pela Universidade de Lisboa, com a dissertação intitulada “A presença árabe-islâmica em Fernando Pessoa” (2015), possui um Mestrado em Psicologia pela Universidade de Turim (2007). É membro colaborador do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa (CFUL) e docente no Mestrado em Ciência das Religiões da Universidade Lusófona (ULHT).

Investigação desenvolvida por Fabrizio Boscaglia

fernando pessoa al cossar

As três áreas de investigação em que trabalha são a Literatura Portuguesa, o Pensamento Português e a Ciência das Religiões. Os seus interesses específicos de investigação são: o pensamento e a obra do escritor Fernando Pessoa (1888-1935), nomeadamente a partir da edição e análise de documentos do espólio deste importante poeta e pensador lisboeta, guardado na Biblioteca Nacional de Portugal (v. imagem acima); a representação, a receção e a presença do Islão bem como da Cultura Islâmica na Literatura e no Pensamento Portugueses Contemporâneos (c. 1865 – hoje), com especial atenção às vertentes histórico-culturais, histórico-literárias e filosóficas: o Misticismo Islâmico, nomeadamente na sua designação conhecida como Sufismo. Entre as instituições de apoio às pesquisas de Fabrizio Boscaglia figuram, através de bolsas de investigação concedidas ao longo dos anos, tanto a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), como a Fundação Calouste Gulbenkian.

Produção académica e cultural

Fabrizio Boscaglia

Fabrizio Boscaglia é autor de dezenas de trabalhos científicos entre conferências, livros, capítulos de livros, ensaios, recensões e artigos em revistas científicas internacionais, em Portugal, Itália, Espanha e EUA, sobre autores como Fernando Pessoa, Teixeira de Pascoaes, Antero de Quental, Almada Negreiros, Agostinho da Silva, Jorge Luis Borges (v. vídeo gravado por Diego Gimenez) e Friedrich Nietzsche, entre outros.

É autor de um livro sobre Fernando Pessoa e a cultura arábico-islâmica, publicado em 2012. Em 2016, foi co-editor convidado (guest editor) do número especial “Oriente e Orientalismo” da revista Pessoa Plural – A Journal of Fernando Pessoa Studies publicada pela Brown University (EUA). Em 2008 e 2009, integrou a equipa de digitalização da Biblioteca particular de Fernando Pessoa, na Casa Fernando Pessoa, em Lisboa. Leciona em cadeiras de Mestrado bem como em cursos livres, seminários e mini-cursos, no contexto académico e em associações e centros culturais. Além disso, realiza palestras, tertúlias e encontros públicos em livrarias, círculos culturais e cafés literários. Foi várias vezes entrevistado por jornais e blogues nacionais e internacionais, como Corriere della Sera, Piadero.ir e Observador.pt, sobre os conteúdos das suas investigações.

Turismo Literário

Capturar

É coordenador de projetos turístico-literários sobre Fernando Pessoa e Antero de Quental, na cidade de Lisboa, como “Lisboa com Fernando Pessoa” e “A Lisboa de Antero de Quental e a Geração de 70”, realizados em colaboração com a empresa turística Lisboa Autêntica e com a Casa Fernando Pessoa. Trata-se de passeios literários e culturais abertos a todos (turistas, turmas do ensino secundário e da universidade, investigadores, grupos organizados, etc.), realizados a partir da investigação académica. Nestas atividades, Fabrizio Boscaglia junta uma competência científico-literária de  nível PhD a específicas competências turísticas, ao story-telling, a uma boa dose de ironia e sobretudo a um grande amor pela cidade de Lisboa.