Kalīla wa Dimna: fábulas entre culturas no Museu Gulbenkian

A obra conhecida em árabe como «Kalīla wa Dimna» tem as suas raízes numa antologia de antigas fábulas indianas, que transitou por Pérsia, civilização arábico-islâmica, cultura judaica e Europa. O Museu Calouste Gulbenkian dedica uma exposição a este clássico da literatura universal e tenho o prazer de colaborar neste projeto. Continuar a ler

Al-Muʿtamid e Adalberto Alves: mostras na BNP alimentam debate sobre legado islâmico em Portugal

Al-Muʿtamid e Adalberto Alves são dois entre os escritores que mais frequentemente se mencionam quando se fala do legado árabe e islâmico em Portugal. O primeiro foi poeta e rei do al-Andalus, no século XI. Continuar a ler

Moçárabes: palestra com António Rei (2 jul.)

Enquanto coordenador do Seminário Permanente de Estudos Islâmicos, na Área de Ciência das Religiões da Universidade Lusófona, anuncio a palestra «Moçárabes: uma identidade religiosa e cultural em al-Andalus», com o historiador António Rei, agendada para 2 de julho de 2020 às 18h – online, via Zoom. Continuar a ler

Islão e identidade portuguesa: notas culturais no Dia de Portugal

Hoje é dia 10 de junho, «Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas», uma data que celebra Portugal, a cultura e a(s) identidade(s) portuguesa(s), na suposta efeméride do falecimento, em 1580, de Luís de Camões, autor d’Os Lusíadas. Este é, como sabemos, um dos grandes livros de poesia que mais contribuem para tecer os pensamentos, os mitos e as narrativas nacionais, outro deles sendo, sem dúvida, Mensagem, de Fernando Pessoa. Continuar a ler

No Museu Gulbenkian: «O Poder da Palavra / Peregrinação / Hajj»

A exposição «O Poder da Palavra / Peregrinação / Hajj», a decorrer no Museu Calouste Gulbenkian, é fruto da curadoria de Hassane Ait Faraji e da coordenação de Jessica Hallet (curadora do Médio Oriente no Museu) e Diana Pereira. Fabrizio Boscaglia colaborou na pesquisa que contribuiu para o processo de curadoria. Continuar a ler

Religiões em Tavira no séc. XVI – Artigo em catálogo de Exposição

O Museu Municipal de Tavira inaugurou a 18 de maio a exposição A Principal do Reino do Algarve – Tavira no séculos XV e XVI, que celebra os 500 anos da elevação de Tavira a cidade. O catálogo da exposição contém um artigo de Fabrizio Boscaglia, sobre «Tavira e as religiões no século XVI: notas sobre cristãos, cristãos-novos e mouriscos».

Continuar a ler

«Curador por um dia!»: participação em exposição virtual do Museu Gulbenkian

A exposição virtual «Curador por um dia!» do Museu Calouste Gulbenkian reúne 50 peças de arte, escolhidas entre mais de 400 propostas, à volta do tema «Enfrentar o futuro». Uma das peças – um Nicho de Oração (miḥrāb) de arte islâmica – foi selecionada e comentada por Fabrizio Boscaglia.

Continuar a ler

Al-Mu’tamid e Adalberto Alves: mostras na BNP continuam e RTP2 dedica reportagem

As mostras «Al-Mu’tamid: poeta do Gharb al-Andalus» e «Adalberto Alves: 40 anos de vida literária», a decorrerem na Biblioteca Nacional de Portugal, vão continuar abertas ao público até ao dia 31 de julho de 2020. A televisão RTP2 dedicou a ambas uma reportagem. Continuar a ler

Muçulmanos em Portugal na Idade Média, por Filomena Barros (2 abr.)

No contexto do Seminário Permanente de Estudos Islâmicos, que organizo na Área de Ciência das Religiões da Universidade Lusófona, está agendada para o dia 2 de abril às 18h a palestra «Muçulmanos em Portugal na Idade Média», com Filomena Barros. A sessão decorre por via telemática, em modalidade à distância (e-learning).

Continuar a ler

Filme sobre al-Mu’tamid, visitas guiadas na BNP

No contexto das mostras «Al-Mu’tamid: poeta do Gharb al-Andalus» e «Adalberto Alves: 40 anos de vida literária», decorrem as seguintes atividades na Biblioteca Nacional de Portugal: projeção de filme Al-Mu’tamid: o destino de um príncipe, de Maria Júlia Fernandes (11 mar., 17h30); visitas guiadas a ambas as mostras, com comissários (19 mar., 17h30). Entrada livre.

ATUALIZAÇÃO: EVENTOS ADIADOS POR CAUSA DA SITUAÇÃO DO COVID-19.

Continuar a ler