“A representação dos Árabes e do Islão na Literatura Portuguesa (do Romantismo ao Modernismo)” | Colóquio “O Oriente em Tradução”

Esta comunicação visa oferecer uma panorâmica introdutória sobre a presença do tema e do imaginário arábico-islâmico na história da literatura portuguesa, desde os autores românticos do início do século XIX até o Modernismo da revista Presença, na década de 1930. Especial atenção será dada à produção poética e, de um ponto de vista metodológico, às articulações entre a questão da identidade (pessoal e nacional) e o paradigma do chamado Orientalismo, enquanto padrão epistemológico e ontológico de representação do “oriental” enquanto “outro”. Tentar-se-á detetar diálogos e pistas comparativas entre autores e correntes literárias, dando especial atenção ao contexto histórico, biobibliográfico e cultural em que as obras foram escritas e divulgadas.

A representação dos Árabes e do Islão na Literatura Portuguesa (do Romantismo ao Modernismo), comunicação por Fabrizio Boscaglia, Colóquio Internacional O Oriente em Tradução – Línguas, literaturas e culturas asiáticas no espaço luso, 27 de novembro, FLUL, 11h15

Anúncios